Chapeleiro Coberturas

Veja como foi a 3ª Edição da Festa Conexão Underground dia 30/05/2015

junho 03, 2015Portal Underground

No dia 30 de maio de 2015 ocorreu a 3ª edição da festa  Conexão Underground, em Caxias do Sul/RS. A festa ocorreu no Clash Club e contou com duas pistas: a pista underground, onde predominou o Techno, o House e as suas vertentes, e a pista principal, onde o Minimal foi o estilo que predominou.


Quando chegamos na Conexão Underground, Mauro Ferraz - residente da festa - estava fazendo um warm up perfeito para o Chapeleiro na pista principal. Com a pista já lotada, todos dançavam ao seu som, momento em que predominou o Techno.


O paulista Fabrício Beraldi Neves, conhecido como Chapeleiro, começou sua apresentação para uma pista animadíssima, ansiosa pelo seu som! Seu set foi uma loucura do  começo ao fim, todos pulando e vibrando empolgados a cada virada, a cada batida - quanto mais intenso o som, mais o público vibrava, dançava. A sintonia que todos transmitiam era incrível.


Seu som, um Minimal com uma estrutura pesada, cheia de elementos que remetem à psicodelia transbordava originalidade e exoticidade.


O catarinense Jon Mesquita entrou com o seu som que também possui uma proposta única e inovadora. Seu estilo musical segue também uma linha minimalista, mas com toques de progressive, estilo que ele chama de "Minimal Progressive". Jon Mesquita manteve a animação da festa, não deixando ninguém parado com um som que foi perfeito para a sequência do line up!


Depois disso, fomos prestigiar a apresentação do duo Oliver's - formado por Ander Oliveira e Fer Oliveira - na pista underground. Várias tracks aclamadas pelos amantes da música eletrônica underground fizeram parte do set, criando um clima na pista que transmitia o oposto da pista principal: enquanto lá tocava um som mais agressivo e intenso, o duo Oliver's criava uma atmosfera mais calma, onde tracks como "WhoMadeWho - Heads Above (Maceo Plex Remix)" ditavam o ritmo daquele momento.


O responsável pelo closing set da pista principal foi Lee Batista. Neste momento, foi a hora do House e do Techno invadirem a pista, trocando a proposta do som e, claro, não deixando ninguém parado até o fim da festa e todos visivelmente satisfeitos com a mudança do estilo! Mixagens perfeitas e tracks empolgantes, alegres e muito dançantes fizeram parte do repertório.


Mais conteúdo que pode te interessar

0 comentários

Formulário de contato