Andhim Aninha

10 Motivos incríveis para ir na Levels Sunset Minifestival

setembro 21, 2017Portal Underground


A Levels é a festa que revolucionou a cena eletrônica de Porto Alegre no formato Sunset com atrações e som de qualidade. O pôr-do-sol do Guaíba que já era o cartão postal de Porto Alegre depois da LEVELS passou a ter outro significado. 

A festa, que traz a bandeira de espalhar o amor e espalhar a música, novamente inova no formato Mini festival, confira 10 MOTIVOS INCRÍVEIS PARA IR NO MINI FESTIVAL DA LEVELS, que ocorre neste sábado, dia 23 de setembro de 2017, com início às 15h em Porto Alegre: 

1 – ANDHIM: Uma das atrações mais bacanas que poderiam trazer - além de ser inédito no estado, fez sucesso estrondoso e foi uma das principais atrações do palco eletrônico do Rock in Rio. 

Tobias e Simon são os dois alemães que formam o Andhim, um duo de, como eles mesmo intitulam o seu estilo: SuperHouse. Seu som se tornou um gênero constituído da paixão e do fundo alma dos dois. O som único do Andhim é orgânico e com ênfase nos mais ricos detalhes. Eles trabalham principalmente com sonoridades que fazem com que o seu som seja completamente singular e essa individualidade rendeu para eles lançamentos em labels como Monaberry, Terminal M, Sunset Handjob e Get Physical. Qualquer um que tenha visto o live do duo pode realmente sentir a paixão e comprometimento dos rapazes que formam a dupla. Enérgicos, criativos e sempre divertidos, eles apresentam a sua própria interpretação da música eletrônica que arranca gritos de alegria da plateia. 

2 -PISTA LEVELSLAB: ” Já imaginou que incrível dançar sob as estrelas?”. 

Esta descrição tentadora traz a experiência Open air para esta edição. A nova pista trará também novas sonoridades com um line impecável, e não se preocupem com chuva, pois ela será coberta! 

3- FRACTAL MOOD (LIVE): Fractal Mood é uma dupla formada pelos músicos, Djs e produtores, Guilherme Picorelli e Henrique Marciano. Residentes da Capslock desde 2013, eles mantém uma parceria muito próxima com outros labels, como Mamba Negra e Soulset, atuando como artistas e muitas vezes na produção de eventos. 

Do começo sem muitas pretensões até hoje, quando Gui e Henrique se tornaram figuras obrigatórias no cenário de festas de São Paulo, tanto se apresentando como Fractal Mood quanto trabalhando na produção delas, lá se vão 10 anos de experimentações fluídas em diversas vertentes da música eletrônica, da house ao techno, passando pelo minimal e o dub. No início de outubro, a dupla lançou pelo selo alemão Vinyl Vibes Records uma das faixas do EP Directions, com outros três artistas brasileiros (Rafael Moraes, Apoena e Color Field). Não foi o primeiro lançamento gringo, já que os dois já tiveram faixas lançadas pelos também alemães Get Physical (como parte da coletânea Brazil Gets Physical, mixada e compilada pelo DJ Davis), e pelo Kindisch, o EP Petit Terrible. 


4-GRANDES NOMES NACIONAIS NO LINE: 

Aninha: Conhecida como a rainha da música eletrônica brasileira, a DJ, produtora, dona do selo AIA Records. Dona de uma carreira duradoura quem vem desde a década de 90, quando trabalhava como promoter no litoral norte de Santa Catarina e esta relação teve contato com o vinil e iniciando seus primeiros passos como DJ e que dura até hoje, em seus quase 15 anos de carreira. Residente no Club Vibe e no Warung Beach Club, ela faz com maestria Sets marcantes e envolventes. 

Mezomo: O DJ/Produtor nome em franca ascensão na cena nacional Mezomo traça um caminho alternativo e busca a excelência e singularidade em suas obras e performances. Ele é a frente do visionário projeto Sunset Sessions, integrante do seleto time de artistas da D AGENCY, presença confirmada nos lineups do club D-EDGE, e reconhecido por seus sets energéticos em todo o sul do Brasil. A energia e a musicalidade de seu som são peculiares, surpreendendo até os mais aficionados por Techno e House. Mezomo lançou seus primeiros EP’s por labels como Submarine Vibes, Gentlemen Lounge de Sarajevo e Green Alien Records de Budapeste, e há mais por vir. 

5- APOENA: Uma das grandes atrações na pista LEVELSLAB. Após a estreia histórica na LEVELS, o DJ e Produtor tem mais de 10 discos gravados e surgiu na indústria internacional do vinil em 2010 com EPs na gravadora inglesa Autoreply/Stuga. 

Desde seu primeiro disco, o produtor brasileiro teve suas tracks tocadas por nomes internacionais de peso como Delano Smith, Laurent Garnier, Baby Ford, Agoria, Burnski, Luke Hess e outros. No Brasil, APOENA foi também imediatamente acolhido por DJs como os paulistas Mau Mau e Ney Faustini, que frequentemente tocam suas produções e recentemente lembrado foi citado pelo Grande Léo Janeiro como um dos grandes nomes da cena nacional. Em 2014 Apoena lança sua própria vinyl label, a Allnite Music, uma das mais importantes do país, além de hoje produzir também a festa Cosmic de Porto Alegre.

6-MINI FESTIVAL: Esta edição no formato mini festival marca a cena da capital como a primeira festa de música conceitual na região metropolitana de Porto Alegre neste estilo. O evento vai dispor de uma estrutura de primeira com o selo de qualidade da DMAND PRODUTORA, empresa que assina os principais eventos do estado, com sonorização impecável, serviço de bar e segurança ágeis e eficientes, e também praça de alimentação. O mini festival e coloca a capital gaúcha definitivamente no circuito dos grandes eventos do país. 


7-CINEMA AO AR LIVRE: Um festival é mais do que uma festa com 2 palcos de música, é também um espaço para diversidade cultural. O cinema ao ar livre vai ser um destes espaços e com certeza mais um grande sucesso. 

8-SPREAD THE LOVE/ SPREAD THE MUSIC: A galera leva a sério esse espirito de espalhar o amor e espalhar a música, que acima de uma label é um movimento que conta com engajamento do seu público fiel que realmente abraça a causa. Esse envolvimento orgânico e a relação com a LEVELS os transforma em embaixadores que trazem novos amigos para conhecer a festa e espalhar cada vez mais o amor e a música.

9-DJs LOCAIS: Além de sempre surpreender com grande nomes nacionais e atrações internacionais, a LEVELS também é espaço para quem faz a cena na região: Elieser Paze, Dbeat, Cevallos, Jaque e Mau Maioli representam o que se tem de melhor nos diversos núcleos e gerações da nossa cena eletrônica. 

10-PÚBLICO: Deixamos por último o mais importante: O Público é que faz cada edição ser inesquecível, cada pessoa que curte, ri, dança é protagonista este espetáculo. Apesar de trazer line incrível, estrutura de primeira e excelência no serviço, o público é a principal atração da LEVELS, e quem faz a mágica é você que está lá para dançar e curtir! Nos vemos na pista!

Mais conteúdo que pode te interessar

0 comentários

Formulário de contato