Cultive Bar Curiosidades

DBeat comenta a importância das residências em sua carreira

setembro 27, 2018Portal Underground




“A música tem poder, mais do que você imagina!”: DBeat comenta a importância das residências em sua carreira

DJ gaúcho é um dos destaques do cenário artístico na temporada e tem trabalhado forte com Cultive e Levels.

A cena clubber do Rio Grande do Sul é famosa por seu histórico de festas e marcas que fazem a diferença em um panorama nacional. O que muita gente não se lembra é que esse cenário é forte também graças aos DJs que estão envolvidos nos bastidores e, claro, na cabine, fidelizando o público e criando um conceito musical que representa fielmente as pistas gaúchas. Um dos grandes nomes do momento é Renato Truculo aka DBeat. Residente do club Cultive e da festa itinerante Levels, ele pode ser considerado um dos artistas mais experientes e preparados do estado e muito disso se deve a suas residências, de agora e do passado. A nosso convite, Renatinho compartilhou conosco um belo texto em torno de suas experiências em tal posição:

Com a palavra, DBeat:

Eu praticamente vi o Cultive nascer. Toco lá desde quando se podia contar as pessoas na pista, por isso minha história com o esse lugar vai muito além do convite para ser residente, que aconteceu oficialmente em 2017. Ao longo dos anos minha relação foi estreitando e acabei ficando muito ativo dentro da organização, podendo ver e participar de perto de toda a evolução do club. O que mais admiro até hoje lá é justamente essa evolução. Acreditar, trabalhar, fazer tudo com amor e colher os frutos. O club está completando 6 anos e há cada ano eu sinto mais orgulho de fazer parte dessa família. E quando chamo de família é porque o clima lá é assim, eu me sinto em casa, o público é incrível e todo mundo do staff é demais! Não tem como não amar.

Já no caso da Levels foi um pouco diferente e sinceramente uma baita surpresa. Até então eu havia tocado em duas edições somente, uma em Abril de 2016 e depois em Setembro de 2017. O convite para ser residente veio no começo de 2018 e eu nunca imaginei ser um dos nomes que a Levels confiaria tamanha responsabilidade. As vezes me pego pensando como é gratificante ser residente de uma label tão importante para a cena eletrônica do RS e do país. O que mais me fascinou, desde o começo e ainda me fascina a cada edição é a forma com que tudo é feito. Existe muito amor dedicado, muita verdade em tudo. Talvez seja esse o maior adjetivo da Levels hoje e que torna a marca tão importante não só para mim, mas para o público também.

Já tive outras residências ao longo desses 10 anos de carreira. Sempre trabalhei duro para conquistar o que conquistei mas acredito muito que o destino conspira à favor. Tanto o Cultive quanto a Levels entraram na minha vida em momentos diferentes e foram, sem dúvida alguma, essenciais pro meu amadurecimento e todo dia servem de combustível para a minha história. É incrível como as coisas vão acontecendo, como as pessoas vão se conectando e tudo vai fazendo sentido A música tem poder, mais do que você imagina!

Mais conteúdo que pode te interessar

0 comentários

Formulário de contato