Casas/Labels Curiosidades

Em entrevista, equipe da Lunar fala sobre expectativa e preparos para festa dia 23/07/16

julho 05, 2016Portal Underground


Em entrevista, equipe da Festa Lunar nos conta um pouco sobre a próxima edição, que ocorre dia 23 de julho de 2016 em Florianópolis, no Sigma Club, a partir das 22h.

Como surgiu a Lunar? 

Boa tarde e obrigado amigos do Portal Underground! A Lunar surgiu após algum tempo de planejamento e reciclagem de ideias de 4 visionários e amigos. A festa nasce com o intuito de fomentar e conservar o conhecimento e a apreciação pela música eletrônica conceitual na Ilha de Florianópolis.

A estreia do projeto será dia 23 de Julho de 2016 às 22h, conte-nos mais curiosidades sobre o local.

Correto! A nossa festa será no Sigma Club, um espaço em Canasvieiras onde já fizemos eventos (parte externa), e agora passamos por mudanças e reformas para realização do evento na parte interna e inédita do club, um espaço incrível e confortável que promete satisfazer um público antenado e apaixonado pela boa música.

Como vocês pensaram na construção do line up? Conte mais sobre os artistas.

Acreditamos e apostamos nos nomes em expansão, os que possuem um talento raro e os que se diferenciam dos demais. Somamos os novos talentos aos mais vanguardistas possíveis e procuramos um meio termo, que nos permite fugir do monótono e arriscar em eventos inesquecíveis e inovadores.

Dessa forma fica mais fácil entender a construção do line.

O já conhecido chileno Felipe Venegas retorna ao Brasil após consagradas turnês pela Europa e America do Norte. Felipe estudou música clássica e teoria na universidade em Santiago, mas sua verdadeira formação musical se aprofundou fora da sala de aula, em clubes onde os repertórios de Luciano, Dandy Jack e Ricardo Villalobos estavam criando uma nova cultura musical. Venegas compõe o time do conceituado selo Cadenza Music, idealizado por Luciano, nome influente dentro deste conceito artístico. Seu talento e dedicação levaram o artista a se apresentar nos principais clubs e festivais do mundo, como Pacha, Tecido Londres, Sankeys NYC, Booom Ibiza, Creamfields, D-EDGE, Terraza Music Park, e muitos outros.

A combinação entre vivas percussões e melodias sintéticas do projeto Talking Machines (Nin92wo) fez com que ele fosse escolhido para a super estreia da Lunar. Na sua primeira vez em Floripa podemos esperar uma apresentação 100% autoral, carregada de sentimentos minuciosos para os ouvidos mais exigentes e críticos, estamos ansiosos para ouvir ao vivo.

O idealizador da Trip to Deep e um dos nomes por trás da Lunar, Hencke, será responsável por aquecer e encaminhar a pista. A sua dedicação e autenticidade fez com que seu trabalho se reinventasse e se tornasse cada vez mais reconhecido pelas transformações no cenário musical da Ilha.

Como foi a escolha da data, existe alguma que chocou? Conte-nos como está a expectativa para a estreia? 

Definimos uma data em que o nosso maior público alvo estaria de férias: jovens e universitários. Cuidamos e consideramos o calendário das festas e núcleos já existentes na cidade, o único evento com alguma relação é o do Olivier Giacomotto, que acontece no P12 no mesmo dia a tarde. Além de serem bons e diferentes eventos, a localização é próxima e acabam se complementando.

A expectativa para a estreia é incrível, podemos esperar um evento inovador e inesquecível, recheado de sorrisos, boas energias e sonoridades!

Veja o evento no Facebook

Mais conteúdo que pode te interessar

0 comentários

Formulário de contato